shutterstock_390834172 

Viva!

Sempre soube o que quis fazer da vida. O meu pai, fotógrafo de profissão, cedo me levou para os grandes eventos que fotografava. E foram muitos! Sempre que íamos no carro, a caminho de uma festa, dizia-me: “observa e aprende”. E eu observava e aprendia. Fi-lo durante 5 anos, até que decidi começar a construir o meu caminho, também no ramo da fotografia. Passados 10 anos, posso afirmar que sou um fotógrafo com alguma notoriedade, tenho uma agenda cheia, e é agora o meu pai, já reformado, que me vai dando uma mãozinha quando vou fotografar eventos.

Mas não pense que foi fácil chegar até aqui. Mesmo já tendo alguma experiência e conhecimento, devido aos anos que passei a trabalhar com o meu pai, ainda tive que estudar muito e batalhar o dobro. A bem dizer, ainda hoje continuo a estudar e a batalhar na vida, pois os conhecimentos nunca se esgotam e não me posso dar ao luxo de “relaxar” no meu trabalho, pois corro o risco de deixar de ser conhecido como “o melhor fotógrafo da cidade”.

Ficou curioso em saber como cheguei até aqui? No meu entender, existem 3 passos fundamentais que deve dar para se tornar num fotógrafo profissional:

 

  1. Estudar, estudar, estudar

Não tenha dúvidas. Estudar é uma das chaves importantes para o sucesso. Não quero com isto dizer que é preciso ir tirar um curso “xpto” de fotografia, numa das melhores escolas do país. Pode fazê-lo, pois será sempre uma mais-valia para si. Mas eu conheço imensos fotógrafos, muito bons no ramo, que chegaram onde chegaram através dos conhecimentos que foram obtendo ao longo da vida. Ou seja, se puder ir tirar um curso, perfeito. Mas, se não tiver condições para o fazer, aprenda tudo no terreno, a acompanhar outros fotógrafos nas sessões, estude através dos sites de fotografia que estão online, através dos livros e das revistas. Seja um autodidacta e, acima de tudo, não desista.

 

  1. Começar por baixo

Seja humilde o suficiente ao ponto de aceitar começar por baixo. Torne-se, primeiro, num ajudante de fotógrafo, acompanhando-o onde ele for. Não rejeite os trabalhos mais pequenos, os mais chatos e os que não gosta de fazer. Para além disso, aceite críticas construtivas e saiba “engolir sapos”, porque eles aparecem em todo o lado. Só assim conseguirá crescer na profissão e mostrar aos que o rodeiam que gosta de trabalhar, que é digno de confiança e que merece chegar ao patamar superior.

 

  1. Boas atitudes

Este ponto é essencial em todas as profissões, pois pode determinar o seu sucesso ou o seu fracasso. Assim que começar a trabalhar como fotógrafo e a ter clientes, seja sempre responsável em todos os trabalhos. E a responsabilidade envolve: profissionalismo, cumprimento de prazos, confiança e honestidade perante todos os desafios. Outros atributos importantes que deve ter sempre é a simpatia e a disponibilidade para ouvir os seus clientes. O meu pai ainda hoje me diz: “eles pagam, eles mandam”. E, de facto, assim o é. Contudo, nunca perca a sua dignidade e não aceite fazer nada que seja contra a sua ética laboral.

Chegar ao topo é muito difícil, muito trabalhoso, mas também muito recompensador. Há mesmo quem demore uma vida para o conseguir. Eu levei mais de 10 anos para chegar onde cheguei… e você? Já começou a sua caminhada para o sucesso?

Abraço!

Luís